segunda-feira, fevereiro 14, 2011
Amor É Fogo Que Arde Sem Se Ver

Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer;

É um não querer mais que bem querer;
É solitário andar por entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É cuidar que se ganha em se perder;

É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata lealdade.

Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade,
Se tão contrário a si é o mesmo Amor?

Luís Vaz de Camões

Olhos Negros

Por teus olhos negros, negros,
Trago eu negro o coração,
De tanto pedir-lhe amores...
E eles a dizer que não.

E mais não quero outros olhos,
Negros, negros como são;
Que os azuis dão muita esp'rança
Mas fiar-me eu neles, não.

Só negros, negros os quero;
Que, em lhes chegando a paixão,
Se um dia disserem sim...
Nunca mais dizem que não.

Almeida Garrett


2 comentários:

  1. Feliz dia dos namorados =)
    Beijinhos***

    ResponderEliminar
  2. Obrigada querida.. E igualmente..

    Beijinhos***

    ResponderEliminar

Tradutor

Pesquisar neste blogue

Seguidores

Google+ Followers

Visitem

Visitem

Visitem

Visitem

Rosewholesale
Sammydress

Follow by Email

Arquivo do blog

Com tecnologia do Blogger.